Pequenas luzes, simplicidade

Este blogue é destinado a pessoas que gostam de pensar sem as limitações impostas pelos modismos e pelas instituições sejam quais forem; que conseguem rir de si mesmas e de tudo, sem sentir culpa; que conseguem olhar além do próprio umbigo.
============================
Este não é um blogue acadêmico, nem jornalístico, não é um blogue temático e não é politicamente correto (modismo idiota americano)! Este blogue pretende ser um espaço de idéias sem a formalidade acadêmica, livre, de conteúdo variado, sem nenhum compromisso temático, ideológico, partidário, étnico, religioso, essas bobagens todas. Ou seja, é politicamente pentelho! e cheio de contradições! como eu! Quem espera respostas prontas e uma enxurrada de racionalidade, que vá ler Kant!
===========================

4 de jan de 2011

EPIFANIA: CRISTO REVELADO AO MUNDO!

O Evangelho de São Mateus não fala em Reis Magos, mas fala em Magos que vieram do Oriente. Homens de outras culturas, diferentes da cultura judaica, a cultura em que Jesus nasceu. Reconheceram o sinal da Presença do Cristo no mundo, e vieram colocar-se diante dele. Herodes, rei dos judeus, não havia percebido o sinal; tampouco se mostrou disposto a aceitá-Lo.
Pagãos, estranhos ao Pacto da Lei de Moisés, os Magos não só reconheceram o sinal da Presença, como aceitaram essa Presença e vieram colocar-se diante d’Aquele que estava manifesto em um Menino.
A Igreja celebra, na Festa da Epifania, e no tempo litúrgico que segue até a Quaresma, a manifestação de Deus em Jesus Cristo ao mundo, ao mundo inteiro! O Cristo é presente de Deus para toda a humanidade, não só a uma cultura específica.
A narrativa sobre os Magos do Oriente coloca para cada um de nós, cristãos e cristãs, duas questões importantes:
a) De fato, você reconhece os sinais da Presença de Deus em sua vida, ou você é como Herodes?
b) Você compreende que o Cristo de Deus não é propriedade da Igreja, mas dom de Deus para toda a humanidade, ou você é daquelas pessoas que se julga o único abençoado, e rejeita totalmente os diferentes de você?
Somos chamados a reconhecer e discernir Deus, no Mistério do Cristo Revelado, agindo e atuando através de outras pessoas, diferentes de nós, com outras visões de mundo. Pense nisso!
Vale a pena reler meu artigo sobre a Epifania em 2010  (clique aqui!)
===/===

2 comentários:

  1. Querido, como sempre, texto oportuno! Aqui na Europa cada vez mais chauvinista, pensar a diversidade é uma ousadia!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Maninho, gostei muito! conviver com o diferente é um desafio sempre! Obrigada por nos recordar que o mandamento do amor, necessariamente, nos obriga a não só conviver como também manter a solidariedade sempre!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário.
Ele será submetido à avaliação, e se aprovado, será postado.
Este não é um blog de debates ou discussões, mas de reflexão.